sábado, 5 de fevereiro de 2011

DR. LUÍS, EX-PREFEITO DE BREJO DOS SANTOS FALA DE SUCESSÃO 2012 E SE DIZ CANDIDATÍSSIMO.

Tendo governado Brejo dos Santos por um mandato, Dr. Luís diz ser candidato em 2012 e fala em traição.

COMO MÉDICO E CIDADÃO, VOCÊ TEM QUE OPINIÃO À CERCA DA ADMINISTRAÇÃO DO PREFEITO LAURI?
Não é uma grande administração. Fica muito à desejar. Mas devo admitir que as dificuldades contribuem para isso. Na área da saúde, uma das mais carentes, a falta de cumprimento dos plantões por todo o horário, faz com que o povo fique insatisfeito. Já a educação tem um índice, digamos, bom. Mesmo assim necessita melhorar. Os salários em dia é um ponto positivo, mas lembremos que é um dever do administrador manter o pagamento em dia. Não é favor. Quem trabalha merece receber.

QUAL A POSSIBILIDADE DE UMA NOVA JUNÇÃO, LAURI/LUÍS?
Isso é quase impossível. o respeito,como ele à mim, mas não há nenhum clima para união. Ele e situação e eu oposição. Isso resume tudo.

VOCÊ É CANDIDATO, EM 2012?
Sim. Haveremos de levar o nosso nome à apreciação da população e traduzir nas urnas a insatisfação do povo de Brejo dos Santos, com a gestão atual. Tenho uma aceitabilidade muito boa junto ao povo e isso nos anima muito, para objetivar um novo mandato.

SERIA A CRIATURA, CONTRA O CRIADOR, JÁ QUE VOCÊ ENTROU NA POLÍTICA COM O APOIO DE LAURI?
Há uma diferença imensa entre entrar na política por meio de A ou B e ser apoiado por A ou B. Em 2004 fui candidato e vencí a eleição com o apoio de Lauri. Mas não entrei na política pelas mãos dele. Já havia sido candidato anteriormente e não tinha o apoio de Lauri. E mais: em 2004, o apoio de Lauri não foi crucial para mina vitória. Foi importante como todo apoio, mas não fundamental. Na época, com esse apoio ou sem ele, eu seria vencedor. Era uma questão de clamor da população. Mais ou menos parecida com a de hoje. Já tenho um nome junto ao povo e todos sabem que a minha gestão, entre 2005/2008, foi pautada no bem comum.

POR QUE NÃO CONCORREU A REELEIÇÃO, EM 2008?
O melhor adjetivo que procuro para não ter concorrido em 2008, é traição. Naturalmente, quem está no governo no primeiro mandato, pensa em disputar a reeleição. Em 2004 ficou acordado que após meu mandato, até 2008, minha candidatura a reeleição seria certa. Acreditei tanto nisso, que ninguém haveria de pleitear o cargo dentro da base de sustentação, que não me preocupei em ter um partido na mão, ou seja, ter no diretório do partido ou de outro qualquer, a maioria do diretório. Quando chegamos na época das convenções, foi deixado de lado, diante da imposição de Lauri em ser o candidato. Não havia tempo oficial, dentro do cronograma eleitoral para criar um partido e disputar a releição. Fiquei fora da disputa.

RUMORES DÃO CONTA QUE VOCÊ ESTÁ SENDO CONTACTADO POR POLÍTICOS DO MUNICÍPIO QUE FAZEM PARTE DE OUTRO BLOCO, PARA UMA COMPOSIÇÃO EM 2012. HÁ VERDADE NISSO?
Tenho muitos amigos na situação, hoje. É mais que natural que venham adversários para aliar-se à mim, como sei que posso perder alguém para o outro lado. Mas essa informação é nova para mim.

UM VEREADOR SERIA SEU CANDIDATO A VICE-PREFEITO OU A VAGA É DE VAN DE EDSON?
Absolutamente ninguém tem vaga assegurada. Estou iniciando um processo político que só estará concluso no meio do ano que vem, com as convenções. Van de Edson é um excelente nome. Empresário de sucesso e um grande cidadão. Mas temos outros de igual valor. Tudo é especulação, agora. Vamos trabalhar para trazer força para nossa base e não recusaremos nenhum apoio.

2 comentários:

rosimeirelimeiradasilva disse...

em 2012 estaremos com vc luiz vieira,rumo a vitoria...

maique alves disse...

é isso ai dr luis estamos com vc pois vc é, foi e sempre será o melhor prefeito de brejo dos santos!