NIM INDIANO GENEBALDO FORMIGA - FONE = 83 99631985

Loading...

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

COREMAS VIVE DIA "D" PARA O PREFEITO EDILSON E O VEREADOR JANDERLEY DE SATORNO.

Sábado, a sessão da câmara de vereadores de Coremas deverá ser histórica. Será a primeira sessão depois do recesso, onde apenas o "povo de casa" estará presente. E os embates serão profundos demais, entre a oposição e a base de sustentação. Este "round" estava marcado para a priemira sessão do ano, semana passada, mas respeitou-se as presenças de visitantes do quilate de Anísio Maia. Mas de sábado não passa e tudo que foi dito e comentado haverá de vir à tona. Será o dia D para Edilson e Janderley. Como se dizia lá em Exu, meu Pernambuco, "O CANCÃO VAI PIAR"...
A bruxa anda solta em Coremas. Está cada dia mais difícil ver a fumaça branca pairar sobre o município, no tocante a política. O prefeito Edilson e o vereador Janderley de Satorno estão em "pé de guerra" faz tempo, só que agora o prefeito quis mexer em assuntos da colônia dos pescadores e o vereador não viu isso com bons olhos. Esse é mais um capítulo desta celeuma partidária em Coremas.
O fato de Edilson ter dito que Guto, seu sobrinho seria seu candidato à sucessão 2012 "buliu" com a base governista por completo. Janderley, pré-candidato já tempo, se sentiu desprestigiado e com ele, o presidente da câmara de vereadores, Chico Mamede rompeu. Depois veio a vez do ex-prefeito e médico de um PSF do município, Dr. Antônio Lopes e seu sobrinho, o vice-prefeito Sérgio, também abandonar o chefe do executivo. Pensando assim, dár a ideia de Guto valer muito mais que ouro, por que perder tantos aliados e manter-se com a ideia de indicar quem é muito pouco conhecido na cidade?
Sábado passado, estavam juntos em um restaurante recém-inaugurado em Coremas: Janderley; Chico Mamede; Antônio Lopes e outros aliados e o assunto não podia ser outro, senão a sucessão municipal. Segundo informações, Dr. Antônio disse que não viria nenhum problema em apoiar Janderley de Satorno para prefeito. Nisso, adentrou no mesmo espaço comercial, Lucrenato Júnior, acompanhado da família e ao cumprimentar à todos, percebendo o "menu" do diálogo. apressou-se em dizer, que, também não havia motivos para votar em um outro candidato oposicionista, desde que uma grande e séria pesquisa de opinião pública mostrasse que o tal nome fosse o preferido pela população.
Pelo andar da carruagem, o prefeito Edilson terá uma incomensurável frente contrária ao seu candidato e pelo jeito que vai, nem Guto, nem outro qualquer terá vida fácil para a disputa de 2012.
É o que ocorre, quando se diz o que quer, sem combinar com os outros. O efeito guto está para o prefeito Edilson, o que a revolta popular da Líbia está, para Moammar Khadafi.
ATÉ QUANDO ELE VAI RESISTIR?

Obs.: Lembrar vale que o redator deste blog já foi à Sousa, tentar ouvir Guto, como fez com outros prefeituráveis, tendo conversado com sua secretária, Paula, (por telefone), na fábrica de sandálias Aquarela, mas a moça é muito importante e não veio sequer falar este redator, na recepção. Tentamos entrar em contato com seu assessor, de nome Wanderson, mas ao mesmo esse senhor atendeu o telefone. Diante da "importância" dos mesmos, o blog desistiu de procurá-los. Mas caso entendam ainda necessário, o blog politicaemdia2012 estará de espaço aberto para os mesmos, (Edilson ou Guto), por que não conversamos com assessores e ja´q ue o assunto é política, assessores são dispensados de qualquer diálogo.

Nenhum comentário: